domingo, 16 de janeiro de 2011

A DESOLAÇÃO DA FOME - Hildebrando Menezes



Oi pessoal, recebi esse vídeo recentemente e achei que deveria compartilhá-lo com vocês!
Já ouviram falar de humor negro? Que são as piadas de mau gosto contadas para divertir aquele público inaptos à uma boa cultura?!! Pois é, quando vi esse vídeo, a primeira coisa que pensei foi numa breve comparação, mas sem maldades, e vou explicar o porquê de ter dito isso! O humor não deveria ser negro, e sim saudável, para que pudéssemos dar boas gargalhadas e sem ofender ao próximo!!! Da mesma forma, a poesia deve ser bonita, de amor, de paz e de ideais positivos, entenderam? Porque o autor, com seu brilhantismo, descreveu de forma sutil, límpida e clara, a real situação, miserável, que encontramos os nossos "necessitados"!!! Palavras poéticas e tão doloridas!!!! Fiquei emocionada ao assistir, me tocou muito, meus pensamentos foram pra bem longe, totalmente envolvida com as palavras e a música de fundo!
Este é um vídeo com uma descrição linda, porém triste, acerca do que se passa com nossos irmãos!!! Espero que gostem e que possam compartilhar com mais pessoas!!!
Fiquem com Deus!!!



A DESOLAÇÃO DA FOME

"Somos 14 milhões de infelizes miseráveis
Excluídos! Desprotegidos! Abandonados!
Tendo só a fome... Um abutre insaciável
Como ser humano me sinto envergonhado

E resolvi compor estes versos indignados

Porque só vejo solução no amor e na caridade
Em políticas públicas com programas sociais
Que podem ajudar a cicatrizar a ferida aberta
Insisto aos poetas do poder e dever da poesia

Denunciar a falta de cuidados aos necessitados

Tema relevante e meritório a ser priorizado
Ameniza-se a chaga dessa doença tão revoltante
A nos cobrar as providências sábias e urgentes
Negligenciadas a séculos como seres invisíveis

Subespécies vista como meros e simples répteis

É como receber um forte soco no estomago
Estar diante de tamanha e cruel insensibilidade
E não é só fome de comida, mas de dignidade
Educação, saúde, habitação, trabalho...

Enfim oportunidades de vida digna para todos!

O que nos causa espanto e completa indignação
Vimos aqui e agora cobrar atitude e criatividade
Sem perder a esperança e a decidida vontade
De arregaçar as mangas e usar da inteligência

Para combater o salutar e valente bom combate

Contra o culto do falido capitalismo selvagem
Da insana exploração do homem pelo homem
E não há como enxugar a este tipo de lágrima
A não ser soltar o seu grito e doar a sua chama

Para ver um mundo melhor. Acorda! Salta da cama!

Todos juntos com amor unindo forças que inflamam
Aliviando assim a dor dos tristes e desconsolados
Causado pelo castigo impiedoso do desamor e do ódio
Iremos apreender a olhar profundo com outros olhos

Vamos lá à essência das causas e suas conseqüências

Na transformação real em atos solidários e corajosos
Que alimentam o coração, a barriga, alma e a mente
Realizaremos um sopro de vida pela boca dessa gente."

(Hildebrando Menezes)

2 comentários:

A Viagem disse...

Fiquei muito feliz em encontrar seu blog...
Sua postagem é muito especial li com muita atenção goto de blogs com conteudo igual ao seu .
Entrei como seguidora e convido vc a seguir e conhecer meu cantinho.
Um abraço carinhoso,Evanir
www.fonte-amor.zip.net

Juciaraz disse...

Oii Evanir!!! Seja muito bem vinda!
Obrigada por suas palavras!!!
Fui conhecer o seu espaço, mas não vi o link para seguir! Se puder me envia no juciaraz@gmail.com .
Um abraço especial pra vc!!! Muita Luz sempre!!!